A CBTri
  Transparência
  Identidade Visual
  Circulares    
  Notas Oficiais e Portarias 
  Resoluções
  O Triathlon
  Paratriathlon        
  Federações
  Antidopping
  Fale com a Nutricionista
  Manual de Regras
  Normas e Regulamentos
  Fale Conosco
  Atletas       
  Classificações  
  Novos Talentos
  Calendário
  Resultados
  Quadro de Medalhas
  Ranking                      
  Fotogaleria    
  Videogaleria
  Transferência
  Formulário de Recurso
  Contrato de Homologação
  Editais e licitações
  Documentos para Exame Pré-Participação da CBTri/ITU
 
Ruanova e Djenyfer vence novamente e garantem título antecipado do Brasileiro de Aquathlon
A- | A | A+

Mais de 230 atletas participaram do evento neste domingo (8) no Rio de Janeiro

Com o sol batendo forte e a temperatura amena, a Fortaleza de São João, no Rio de Janeiro, amanheceu mais alegre neste domingo (8) para a disputa da segunda etapa do Brasileiro de Aquathlon.



E quem aproveitou o clima favorável foi Anton Ruanova e Djenyfer Arnold. Vencedores da primeira etapa do circuito em Brasília, a dupla encaixou um bom ritmo do começo ao fim da prova, cruzando em primeiro lugar entre os atletas de alto rendimento.

Com esse resultado, Ruanova e Djenyfer garantiram o título de campeões brasileiros de Aquathlon por antecipação.

Na prova masculina, Antón finalizou o percurso de 1km de natação e 5km de corrida em 29min54s, pouco mais de um minuto a frente do segundo colocado, o paulista Gabriel Abrão. Antonio Bravo foi o terceiro colocado geral e primeiro na Junior, enquanto Pedro Arieta e o major Diefferson Felix subiram ao pódio na quarta e quinta colocações, respectivamente.

"Tinha em mente tentar fechar o Campeonato já na segunda etapa, sabia que era difícil, mas deu certo. Hoje o Gabriel Abrão fez uma prova muito boa, nadou bem e foi difícil ganhar dele na corrida.
 
Após uma temporada difícil no ano passado, fico ainda mais feliz de conseguir esse resultado. Isso me empolga mais ainda para os dois grandes alvos do primeiro semestre: Copa do Mundo de Triathlon em Huatulco, dia 10 de junho, e o Pan-Americano em Brasília dia 24", contou o campeão.

Djenyfer também não encontrou dificuldades para vencer a disputa entre as mulheres, cruzando a linha de chegada em 34min01s. Mas, assim como na prova na capital federal, a jovem Giovanna Lacerda, de apenas 15 anos, surpreendeu atletas mais experientes e finalizou a prova na segunda colocação geral, primeira na categoria Junior.

Em terceiro lugar ficou Isabele Santos. Outro jovem talento da nova geração, Maria Vitória Bresciani, da Escolinha de Triathlon de Santa Catarina, alcançou o quarto lugar geral, seguida por Ellen Mazzei, quinta e campeã na categoria sub23.

Na disputa entre atletas na categoria de idade (age group), Thomaz Ferreira, que havia sido o primeiro colocado na Copa Continental de Salvador, foi mais uma vez o primeiro a cruzar a linha de chegada entre os amadores. Já Helena Cirelli foi a primeira a chegar entre as mulheres.

A terceira e última etapa do Brasileiro de Aquathlon está programada para o dia 30 de setembro em Criciúma (SC). A competição promete ser acirrada, especialmente para o Age Group, uma vez que estão em jogo 20 vagas por cada categoria para o Campeonato Mundial de 2019, sendo as vagas definidas pelo resultado do atleta ao final das três etapas.

Confira os resultados completos da segunda etapa aqui