A CBTri
  Gestão e Governança
  Identidade Visual
  Circulares    
  Notas Oficiais e Portarias 
  Resoluções
  O Triathlon
  Paratriathlon        
  Federações
  Antidopping
  Fale com a Nutricionista
  Manual de Regras
  Normas e Regulamentos
  Fale Conosco
  Atletas       
  Classificações  
  Novos Talentos
  Calendário
  Resultados
  Quadro de Medalhas
  Ranking                      
  Fotogaleria    
  Videogaleria
  Transferência
  Formulário de Recurso
  Contrato de Homologação
  Editais e licitações
  Documentos para Exame Pré-Participação da CBTri/ITU
 
Corrida olímpica esquenta ranking brasileiro de alto rendimento
A- | A | A+

Com o início da contagem de pontos para o ranking olímpico no mês de maio e que leva aos Jogos Olímpicos de Tóquio2020, os triatletas de alto rendimento partiram pra cima nas principais disputas internacionais do calendário, o que acabou movimentando ranking nacional. Após a realização do Campeonato Panamericano de Triathlon em Brasília e algumas etapas do Circuito Mundial (World Cups e WTS), Manoel Messias, bicampeão panamericano e prata na Copa do Mundo de Huatulco, disparou na liderança do ranking masculino, que tem ainda Diogo Sclebin em segundo lugar e Danilo Pimentel em terceiro. Reinaldo Colucci recuperou o bom desempenho e obteve o terceiro lugar geral no Panamericano, colocando o paulista na sétima posição na classificação geral masculina.

Entre as mulheres, a medalhista de bronze panamericana na Sub23 em 2017 e agora correndo na Elite, Luísa Baptista, garantiu o primeiro lugar geral. Com um bronze na Copa do Mundo de Huatulco (MEX) e um ouro por equipes no Mundial Militar, Bia Neres também se mantém na segunda colocação, sendo seguida de perto por Vittória Lopes, bronze na sub23 do Panamericano 2018, prata individual no Mundial Militar e ouro nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba no Team Relay, se estabilizando na terceira posição do ranking feminino. O destaque na classificação foi para Djenyfer Arnold, que subiu para a 10ª posição e agora já figura entre as atletas brasileiras no ranking ITU.

A nova geração também mostrou um bom desempenho, conquistando pontos importantes. Antonio Bravo é o segundo atleta Junior a figurar no Ranking Brasileiro Elite/Sub23 em função dos pontos obtidos no Ranking ITU pelo seu resultado em Brasília, entrando em 28º na classificação geral e 5º colocado na Junior. Oitavo colocado no Campeonato Panamericano Junior, Miguel Hidalgo ainda é o líder da categoria no Masculino, que tem Luiz Gabriel Shianti e Hugo Leão Dias na segunda e terceira colocações, respectivamente. O sétimo lugar no Panamericano Junior Feminino fez Giovanna Lacerda assumir o primeiro lugar na Junior Feminina, com Gabrielle Lemes na segunda posição.