Eleições do COB definem pleito de presidente, vice-presidente, membros do Conselho de Administração e membro independente do Conselho de Ética

Paulo Wanderley e Marco La Porta continuarão à frente do Comitê Olímpico do Brasil pelo próximo quadriênio (2021-2024), após eleições realizadas nesta quarta-feira, 07/10/2020.

Além do pleito para presidente e vice-presidente, a Assembleia Geral definiu também o novo membro independente do Conselho de Ética e os integrantes do Conselho de Administração da entidade.

Ernesto Pitanga, presidente do Conselho de Administração da Confederação Brasileira de Triathlon, foi eleito e a partir de 2021 integrará o Conselho de Administração do COB, junto com Luiz Vasconcellos (CBC), Karl Anders Ivar Pettersson (CBDN), Matheus Figueiredo (CBDG), Raphael Nishimura (ABEE), Alberto Cavalcanti Maciel Junior (CBTKD), Silvio Acácio Borges (CBJ) e Ricardo Leyser Gonçalves, sendo este último membro independente. Humberto Aparecido Panzetti foi eleito e integrará o Conselho de Ética do COB.

Representatividade dos atletas

Pela primeira vez, a Comissão de Atletas do COB teve direito a 12 votos (somados aos 34 votos dos representantes das Confederações Olímpicas Brasileiras e aos 2 votos dos membros Comitê Olímpico Internacional) e fez bonito: os membros votaram massivamente e participaram deste momento histórico e democrático do esporte brasileiro.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Como posso te ajudar?